COMO DIMENSIONAR CORRETAMENTE OS TUBOS E CONEXÕES DO APARELHO DE AR-CONDICIONADO


Todos os profissionais que trabalham com vendas, instalação e manutenção de aparelhos de ar-condicionado sabem que em cada caso existe uma demanda específica de tubos e conexões para a instalação, variando conforme modelo e potência. Mas a questão é, como calcular qual a tubulação adequada para determinado aparelho? Ter essa informação certamente vai garantir mais eficiência no seu trabalho e, também, será um diferencial perante a concorrência.


Para o serviço de instalação é preciso também dar atenção para outros pontos relacionados – como materiais e capacidade elétrica. Dessa forma, nesse post, descreveremos algumas informações importantes sobre dimensionamento de tubos e cabos elétricos para a realização de um trabalho completo.


Entendendo as variações dos tubos e conexões

Para determinar os tubos e conexões para instalação do ar-condicionado, é preciso considerar suas características. O diâmetro do cabo precisa ser compatível com a capacidade do equipamento. Quanto maior o diâmetro do cabo, maior a capacidade de correntes de eletricidade.


Nesse cenário, também é extremamente necessário analisar a potência do aparelho. E, por fim, achar o disjuntor – esta precisa ter compatibilidade com o diâmetro do cabo, já que ambos dependem da corrente elétrica que circula.


Por que é tão importante checar cada um desses pontos do cabo para o ar-condicionado?

Porque essa é a melhor maneira de manter os seus clientes com serviços seguros e confiáveis. Os cabos se aquecem com a circulação elétrica em seu interior. Há um limite de temperatura que cada fio é capaz de suportar – quando essa linha é ultrapassada, pode acontecer curtos-circuitos, danificando a parte elétrica do ambiente e o equipamento, e, em últimos casos, até mesmo pode acontecer incêndios. Então tudo precisa estar muito bem decidido e calculado.


Tabela de dimensionamento de tubos e conexões para o ar-condicionado

De especialista para especialista: listamos para você uma tabela de diâmetros de cabo para ar condicionado. De acordo com as potências de ar condicionado e a espessura desses fios em milímetros quadrados, para cada caso. Esses dados vão facilitar o seu dia a dia no trabalho, porque vão direto ao ponto.


Os dados são válidos para aparelhos de 220 Volts.


Ar condicionado de 7.500 BTUs – diâmetro de 2,5 mm²;

Ar condicionado de 10.000 BTUs – diâmetro de 2,5 mm²;

Ar condicionado de 12.000 BTUs – diâmetro de 2,5 mm²;

Ar condicionado de 15.000 BTUs – diâmetro de 2,5 mm²;

Ar condicionado de 18.000 BTUs – diâmetro de 2,5 mm²;

Ar condicionado de 21.000 BTUs – diâmetro de 4 mm²;

Ar condicionado de 24.000 BTUs – diâmetro de 4 mm²;

Ar condicionado de 30.000 BTUs – diâmetro de 6 mm².


Agora que você já sabe calcular o dimensionamento de cabos elétricos para ar condicionado, vamos falar sobre a importância de calcular a capacidade do disjuntor. Esse é um dado muito importante para o seu trabalho! Confira.


Cálculo do disjuntor

Aprenda a calcular a espessura do fio. Primeiro, é necessário checar no ar condicionado a sua capacidade em Watts, ou seja, a medida para verificar sua potência elétrica. Confira a fórmula:


Considerando que P é a potência em Watts, V é a tensão em Volts e I, a corrente em Amperes, a fórmula será:


P = V x I.


Você tem um aparelho de 1200 Watts (cheque a informação do equipamento do cliente no Manual do Fabricante). E a tensão elétrica em 220V. Vamos calcular a corrente elétrica do equipamento.


1000 = 220 x I -> I = 5,45 Amperes.


Agora, multiplique o resultado pelo fator de serviço, uma margem de segurança para que o disjuntor não desarme. Ele tem o valor de 1,25.


5,45 x 1,25 = 6,81 Amperes. Com essa informação, é preciso conhecer as curvas do disjuntor – geralmente, é utilizado o de curva C para aparelhos de ar condicionado. Geralmente as tabelas não contam com disjuntor desse valor. A orientação é selecionar o valor mais próximo acima, mais seguro. Que seria o de 10 Amperes.


Os disjuntores com dois polos curva C são encontrados nas opções: 2A, 4A, 5A, 10A, 16A, 20A, 25A, 32A, 40A, 50A e 63A.


Oriente o seu cliente, ainda, de que o ar condicionado precisa de um disjuntor exclusivo por conta de seu alto consumo de energia. Quando há algum problema na eletricidade, ele desarma automaticamente. Como falamos acima, segurança é imprescindível.


Outra vantagem de um disjuntor adequado é garantir a vida útil mais longa para o ar condicionado, já que ele evita danos e panes elétricas.


Um ponto importante a se considerar é o DPS, você quer saber a importância dele na hora da instalação do ar-condicionado? Clique aqui!


Materiais dos tubos e conexões para instalação do ar-condicionado

Como você já sabe, os tubos e conexões tendem a se aquecer com a passagem de corrente elétrica. Alguns materiais são incapazes de suportar altas temperaturas. Outros, por sua vez, são os recomendados para resisti-las.


Os materiais mais indicados para colocar os cabos de ar condicionado são cobre e alumínio.

O cliente também precisará adquirir tubos de PVC para drenar água que o aparelho dispensa.


Dimensionamento da tubulação para instalação de ar condicionado

Além de todas essas medidas acima, existe ainda a necessidade de medir o comprimento necessário da tubulação para instalação de ar condicionado.


Basicamente, a distância mínima precisa ser de 3 metros entre condensadora e evaporadora. A medida máxima, por sua vez, é de 30 metros. Quando se trata de altura máxima entre condensadora e evaporadora, a indicação é de até 20 metros. Todos esses dados garantem que o ciclo de refrigeração seja completo e não perca condutividade.


Capacidade do aparelho de acordo com o ambiente

Pode parecer bobagem, mas muita gente não sabe que a capacidade de cada aparelho pode variar de acordo com as dimensões do cômodo, janelas, pessoas circulantes, presença de eletrônicos e até incidência de sol da manhã ou sol da tarde.


Por isso, é preciso também conferir se o aparelho do cliente está de acordo com as necessidades do ambiente. Afinal, não adianta realizar uma excelente instalação se o equipamento não vai dar conta de oferecer conforto térmico ao local – o que resultará em um cliente insatisfeito. Então você pode se adiantar!




Posts Em Destaque
Posts Recentes