top of page

INSTALAÇÃO DE AR-CONDICIONADO: 5 DICAS IMPORTANTES

Assegurar a correta instalação do aparelho garante a segurança, o conforto e até mesmo a economia, quando verificado o custo-benefício do equipamento e de sua instalação.



Ar-condicionado é um aparelho complexo e muitos cuidados devem ser levados em conta para que o aparelho funcione corretamente. Para ajudá-lo nesta tarefa, aqui vão 5 dicas para uma instalação eficaz e segura.


O conforto térmico

A Sociedade Americana de Engenheiros de Aquecimento, Refrigeração e Ar-Condicionado define como Conforto Térmico “uma condição mental que expressa satisfação com as condições térmicas do ambiente, que é avaliado de forma subjetiva pelo indivíduo”. Sinônimo de saúde e produtividade, o conforto térmico traz o equilíbrio no bem-estar. Quando muito frio, o corpo humano fica mais cansado e lento. Quando muito quente, a capacidade de concentração sai prejudicada. Em síntese, nada melhor do que um bom ar-condicionado para garantir o conforto térmico.


O ar-condicionado e sua instalação

Comprado o equipamento que melhor se adapta à sua necessidade, é preciso dar atenção aos cuidados necessários para a sua instalação. Em primeiro lugar, entenda a lógica da estrutura de um ar-condicionado, como adaptá-lo ao espaço e conheça sua parte elétrica. Antes de tudo, esses são detalhes fundamentais para assegurar uma instalação bem feita e a manutenção da garantia de fábrica.


1 – Conhecer o espaço e o aparelho

Entenda a lógica do funcionamento do ar. A maioria das instalações são de aparelhos split. Por isso, é preciso lembrar que uma parte do equipamento fica dentro de casa, outra do lado de fora. Quanto mais distantes a unidade interna, evaporadora, e a unidade externa, condensadora, maior será o gasto com a instalação. E há o cuidado com a tubulação e a fiação elétrica.


2 – Escolher a localização correta


É necessário verificar a estrutura para que suporte o peso do evaporador e as vibrações do aparelho bem como as tubulações de escoamento, meios de refrigeração e cabos elétricos. Nenhum obstáculo deve interferir na entrada ou saída de ar. E o controle remoto deve estar a pelo menos um metro de distância de outros aparatos para evitar interferências. Quanto à unidade exterior, o ideal é colocá-la num local bem arejado, com a melhor ventilação possível e com pouca ou nenhuma presença de pessoas.


3 – Atenção redobrada à parte elétrica

Maior atenção à parte elétrica dúvidas e conflitos costumam surgir em relação à instalação de aparelhos de ar condicionado quando o assunto é rede elétrica. Claro que o primeiro passo é garantir que o ar tenha a mesma rede do local de instalação. Se não, por favor, forneça-nos um. Cada dispositivo requer comutadores e fiação especiais. Durante a penalidade por adaptação resulta, conhecida como gambiarra, que promove sobrecarga da rede elétrica. No entanto, o melhor é chamar um técnico para te trespassar todas as informações.


4 – Efetuar a limpeza e a manutenção periódica

Limpeza e manutenção periódica A limpeza periódica do aparelho não só possibilita o pleno funcionamento e sua preservação, como também garante o bem-estar e a saúde de quem ama o ar Um filtro sujado significa problemas respiratórios. Portanto, limpe-o todos os meses. E uma boa manutenção preventiva geral, realizada por um técnico capacitado, pode ser feita a cada seis meses.


5 – Chame um técnico para fazer a instalação

Sabe aquele ditado “o barato sai caro”? Melhor segui-lo quando se trata de instalação de ar condicionado. Somente um técnico devidamente treinado poderá avaliar corretamente o ambiente a fiação e tudo o que uma instalação dessas dimensões necessita para obter um resultado plenamente satisfatório.



Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
bottom of page